UERJ UERJ Mapa do Portal Contatos
Menu
Home > Atualidades > Notícias
Ambulatório do HUPE, AmbDown é referência no atendimento a crianças com síndrome de Down

21/03/2019

Uma equipe multidisciplinar do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE) transformou o sonho de uma pediatra num projeto pioneiro que beneficia 90 famílias e é referência no Brasil em síndrome de Down. Neste dia 21 de março, Dia Internacional da síndrome, a equipe do ambulatório AmbDown tem muito o que festejar. A comemoração no dia 21/03 é uma alusão à presença de três cromossomos no par 21, característica genética da síndrome de Down. Estima-se que 300 mil brasileiros tenham a síndrome, enquanto no mundo inteiro o número está entre cinco e seis milhões de pessoas.
Médica do ambulatório de pediatria, Anna Paula Baumblatt sonhava com um atendimento específico para crianças com a síndrome e suas famílias. Ela já era pediatra e via a necessidade de um atendimento específico, mas a força que faltava chegou quando o filho Fernando nasceu trazendo uma surpresa: a síndrome de Down. “Com o tempo, eu entendi que não era uma tragédia. O AmbDown começou com um sonho, algum apoio e somente três pacientes. Cresceu, tomou forma e proporção”, explica a coordenadora dos atendimentos.
A pediatra conversou com a chefe do Laboratório de Genética, a professora Raquel Boy, e, em equipe, iniciaram o projeto em 2015. “Já era uma necessidade. Fizemos um esforço conjunto entre os profissionais do ambulatório de pediatria e crescemos em meio à crise. Contamos com o envolvimento de muitos profissionais, de alunos e professores. Com isso, estamos cumprindo o papel de um hospital universitário, provendo assistência incluindo várias clínicas”, revela a professora.
Como os atendimentos são feitos para os primeiros mil dias de vida dos bebês – considerados os mais importantes na vida de qualquer criança –, eles costumam receber alta, em geral, quando completam três anos, abrindo vagas para novos atendimentos. “Eles vão chegando e vão saindo, dando vaga para outros bebês que precisam”, explica Anna Paula.
O AmbDown realiza atendimentos em genética médica, pediatria, cardiologia pediátrica, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia, endocrinologia e neurologia pediátrica e, mais recentemente, odontologia. Também prestam apoio psicológico e de serviço social às famílias. Os interessados podem entrar em contato pelo e-mail ambdown.hupe@gmail.com, informando nome completo e idade da criança, além de nome do responsável e telefone para contato.
Mãe do pequeno Davi, de 1 ano e 9 meses, Aline Guimarães, 35 anos, revela que a inclusão do filho no programa mudou suas vidas. “Meu filho é outra criança depois que chegou aqui, aos cinco meses. Eu tenho gratidão por este trabalho e por todos que trabalham aqui. Eles mudaram a minha vida e a da minha família. Nunca mais Davi ficou hospitalizado”, enaltece Aline.

Fonte: Portal Uerj

Novidades

Ambulatório do HUPE, AmbDown é referência no atendimento a crianças com síndrome de Down

21/03/2019

Uma equipe multidisciplinar do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE) transformou o sonho de um...

Patrimônio Histórico da Humanidade, Cais do Valongo sofre com lixo e descaso

21/03/2019

A falta de conscientização, potencializada pela presença de milhares de foliões no carnaval e a ocor...

Calouros de medicina da UFRJ arrecadam suprimentos para casa de repouso em “trote solidário”

21/03/2019

O trote é uma tradição que marca o início das aulas na faculdade. E tem forma melhor dos calouros co...

Araraquara aprova lei para preservar pegadas de dinossauros nas pedras das calçadas

21/03/2019

Uma lei aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Araraquara (SP) coloca barreiras para a ma...

Bombeiros resgatam sucuri de 2 metros de comprimento em Novo Horizonte

21/03/2019

Uma sucuri de mais de dois metros de comprimento foi capturada na noite desta quarta-feira (20) em N...

Filhotes de elefante feridos ´renascem´ em orfanato no Quênia

21/03/2019

Luggard tinha apenas 5 meses quando chegou ao orfanato, ferido por duas balas, uma delas tendo causa...